Seu Plano Dental cobre Bruxismo?

5 de agosto de 2021

Seguro Dental

Reparou se costuma apertar ou ranger os dentes com força? Isso pode ocorrer até mesmo durante o sono. Se você anda sentindo dor no maxilar, que lembra uma dor de dente ou dor de ouvido, sensibilidade nos dentes e dor na mandíbula que dificulta a mastigação dos alimentos, pode ser que você esteja sofrendo de bruxismo.

O que é bruxismo?

Bruxismo é uma desordem funcional causada pela pressão excessiva sobre os dentes, ou seja, o movimento de esfregar uma arcada dentária na outra. Já o apertamento de dentes acontece quando a pessoa pressiona os dentes de cima contra os de baixo de maneira involuntária, e pode ocorrer tanto de dia quanto à noite. Para ter uma ideia, estima-se que a prevalência do bruxismo do sono seja de 8% a 12% da população geral. Já o bruxismo de vigília ou bruxismo diurno, que ocorre com a pessoa acordada, chega a abranger entre 22% e 31% das pessoas.

Principais causas do bruxismo

As causas do bruxismo são variadas, como predisposição genética (bruxismo pode ser hereditário), desajuste na mordida, ansiedade, estresse ou efeitos colaterais devido ao uso de medicações controladas ou abuso de álcool, tabaco, cafeína e drogas ilícitas, como o ecstasy.

A má oclusão dentária (dentes desalinhados) gera uma sobrecarga nos músculos da face podendo causar bruxismo. A apneia do sono também pode ser uma das causas para o bruxismo ou apertamento dos dentes, pois como a pessoa não tem um sono reparador, a chance de os músculos não relaxarem é grande.

Consequências do apertamento dental

Além da dor de dente bruxismo pode gerar desgaste, sensibilidade nos dentes ou amolecimento dos dentes, e em situações de bruxismo grave ou bruxismo severo, pode acarretar gengiva inchada, gengiva inflamada, dente quebrado, problemas nos ossos da boca, problemas nas articulações da mandíbula, retração gengival e até sangramento gengival, sendo também um fator de risco para a chamada Síndrome de ATM.

Além de bruxismo causar dor de dente, outros problemas comuns são dor na musculatura facial e na articulação, mordida cruzada, fraturas de restauração de dentes, dente quebrado e dor de cabeça que atinge a região do pescoço, mandíbula e ouvidos. O apertar de dentes também pode afetar nervos e raízes dentários e também há casos de pacientes que sofrem com zumbidos no ouvido.

A pandemia tem aumentado muito os casos de bruxismo

Mesmo durante o sono, o corpo passa por hábitos involuntários e, o ranger de dentes provoca dores e desconfortos durante o dia inteiro, que podem estar relacionados ao estresse e demais situações do cotidiano. O estresse e a ansiedade agravados pela pandemia, tensão pelo isolamento social, demandas e má postura causada pelo home office ou receio de perder emprego ou renda, fizeram com que muitas pessoas apresentassem bruxismo ou dor de dente por apertamento.

Diagnóstico e tratamento de bruxismo

É importante procurar ajuda profissional para uma avaliação clínica e tratamento para bruxismo. O bruxismo não tem cura, mas o tratamento ajuda a controlar o problema. Procure um dentista especializado em bruxismo pelo seu plano de saúde odontológico para entender melhor o seu caso. O dentista para bruxismo pode sugerir que o tratamento para bruxismo inclua medicamentos, fisioterapia, uso de placa estabilizadora feita de silicone ou acrílico, mudanças de hábitos ou terapia para bruxismo para redução de estresse ou ansiedade, além de prática de exercícios físicos e alimentação saudável. Se o paciente tiver algum desajuste de mordida ou ausência de dentes, é preciso colocar aparelho ortodôntico ou fazer implante dos dentes que faltam.

O uso da placa para bruxismo personalizada e moldada de acordo com a arcada dentária do paciente tem como objetivo proteger a estrutura dentária. O componente mais indicado para a produção das placas de bruxismo é a resina acrílica, que separa os dentes de cima dos de baixo para que a pessoa não consiga apertá-los, auxiliando na redução do atrito e desgaste, principalmente durante o sono, gerando relaxamento do músculo. A aplicação de toxina botulínica para bruxismo também pode ser indicada para aliviar a dor da musculatura. Algumas práticas feitas em casa podem ajudar no tratamento para bruxismo, como compressas de água morna, massagens na região feitas com óleos essenciais calmantes, relaxante muscular, alongamento de pescoço e alimentação com mastigação facilitada.

Plano odontológico cobre tratamento de bruxismo?

O tratamento para bruxismo não é previsto no rol obrigatório da ANS, portanto, o beneficiário só tem acesso ao serviço ao contratar um plano odontológico que cobre bruxismo como adicional. É importante contratar um plano odonto e poder contar com essa proteção, pois bruxismo tem sido um problema de saúde cada vez mais comum. O tratamento para bruxismo é bastante eficaz, podendo controlar os sintomas e barrar o aparecimento de outras doenças relacionadas.

É muito importante ir ao dentista regularmente, pelo menos de seis em seis meses. O bruxismo também possui várias outras complicações, por isso, buscar ajuda profissional é indispensável. O bruxismo não tem cura, mas realizando o tratamento corretamente, é possível voltar a ter uma boa qualidade de vida. Caso você possua algum sintoma de bruxismo ou já recebeu o diagnóstico desta disfunção, procure um especialista em bruxismo pelo seu plano odontológico imediatamente. Você não merece pagar o preço de perder sua qualidade de vida.

Faça já uma simulação online de plano odontológico no site da Rotta Seguros.

 


Deixe um Comentário



Open chat